PUBLICIDADE
Topo

Fãs homenageiam princesa Diana 20 anos após sua morte

31/08/2017 07h30

Admiradores levam velas, flores e cartazes aos portões do Palácio de Kensington, onde dezenas de milhares se reuniram após acidente em 1997. Eles celebram a vida da princesa que remodelou família real britânica.Fãs da princesa Diana se reuniram nos portões do Palácio de Kensington no amanhecer desta quinta-feira (31/08) para celebrar a vida de uma mulher que remodelou o Reino Unido e sua família real e morreu há exatos 20 anos.Com velas, flores e cartazes, admiradores da princesa de Gales se encontraram no local onde dezenas de milhares de pessoas se reuniram em 1997 em homenagem à morte de uma das mulheres mais famosas e icônicas do mundo, que se engajou intensivamente em causas humanitárias. Sua morte – aos 36 anos, num acidente de carro em Paris – provocou o maior sentimento de luto coletivo visto na história recente do Reino Unido e é considerada um marco na relação da família real com a sociedade.Com a tradicional discrição dando lugar a expressões de emoções, os filhos William e Harry abriram o caminho, falando abertamente sobre o trauma que sofreram quando perderam a mãe."Ninguém que estava vivo há 20 anos esquecerá hoje o momento em que ouviu que a princesa Diana estava morta, ou o luto nacional que se seguiu", escreveu o jornal britânico The Sun, o mais vendido no Reino Unido. "Os jovens podem se perguntar por que a morte de Diana ainda ocupa manchetes. Mas o mundo de 2017 não seria o mesmo se ela não tivesse sido quem foi."O 20º aniversário da morte de Diana provocou um renovado fascínio por uma mulher que estampou a capa de jornais em todo o mundo quando se casou com o herdeiro do trono britânico, o príncipe Charles, numa cerimônia de conto de fadas em 1981. O casal se divorciou em 1996."Fazemos isso [homenageá-la nos portões do Palácio de Kensington] há 20 anos", disse Nicky Surridge, de 41 anos. "Ela era simplesmente uma mulher muito amável. Era uma princesa, mas muito normal e atenciosa. Fiquei aqui por uma semana [há 20 anos]. Foi muito triste, mas agora viemos para celebrar a vida dela."Diana estava em um carro com o namorado, o egípcio Dodi al-Fayed, quando aconteceu o acidente fatal, depois que "paparazzi" os perseguiram desde que saíram do hotel Ritz. Na tragédia também morreram Dodi e o motorista, Henri Paul.PV/rtr/efe