PUBLICIDADE
Topo

Vaticano considera "verossímil" encontro entre o papa e Fidel Castro

Reprodução/UOL
Imagem: Reprodução/UOL

Na Cidade do Vaticano

15/09/2015 09h40

Um encontro entre o papa Francisco e o ex-presidente de Cuba Fidel Castro na próxima viagem do pontífice à ilha é "verossímil", segundo explicou nesta terça-feira (15) o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

"É verossímil que seja durante o dia em Havana, e embora não esteja a princípio incluído na agenda, é algo bastante normal", disse Lombardi durante a entrevista coletiva na qual foram revelados os detalhes da próxima viagem do pontífice a Cuba e Estados Unidos, de 19 a 28 de setembro.

Lombardi garantiu que o desejo de um encontro entre ambos já tinha sido expressado durante a reunião entre Francisco e o atual presidente cubano, Raúl Castro, no dia 10 de maio no Vaticano.

Seria assim o terceiro encontro entre um pontífice e Fidel Castro, depois do mantido em 1998 por João Paulo II, na primeira viagem de um papa a Cuba, com o então líder cubano, e em 2012 quando Bento 16 visitou Fidel, que já tinha deixado a presidência.