Presidente do Irã ordena aumento da produção de mísseis

Em Teerã

  • Atta Kenare/AFP - 14.jun.2014

    O presidente do Irã, Hassan Rouhani, ordenou acelerar processo de fabricação de mísseis para aumentar capacidade defensiva do país

    O presidente do Irã, Hassan Rouhani, ordenou acelerar processo de fabricação de mísseis para aumentar capacidade defensiva do país

O presidente do Irã, Hassan Rohani, ordenou ao Ministério da Defesa acelerar o processo de fabricação dos mísseis necessários para aumentar a capacidade defensiva do país, informou neste sábado (2) a agência oficial iraniana de notícias "Irna".

A medida foi uma resposta às supostas sanções que o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos prepara contra duas empresas iranianas envolvidas no programa de desenvolvimento de mísseis do país, assim como a seus responsáveis.

Em carta dirigida ao ministro da Defesa iraniana, Hossein Dehqan, o presidente Rohani reagiu à decisão dos EUA, criticando "a continuidade das políticas hostis e a interferência ilegítima e ilegal" dos Estados Unidos ao direito ao fortalecimento da capacidade defensiva da República Islâmica do Irã.

"No marco das políticas defensivas aprovadas, é necessário que continuem com mais seriedade e rapidez o programa de fabricação de diferentes tipos de mísseis necessários para as forças armadas", disse o presidente iraniano.

Além disso, o chefe do parlamento Consultivo iraniano, Ali Lariyani, afirmou que "enquanto em algumas semanas devem ser eliminar as sanções (econômicas), estes dias são mencionadas palavras inapropriadas", e advertiu aos EUA que "diante de qualquer medida indevida" que tomem, receberão "uma medida apropriada por parte do Irã".

"O Irã cumpre seus compromissos, mas dará uma resposta decisiva à fraude" disse Lariyani, que criticou as medidas tomadas contra seu país durante mais de doze anos pela comunidade internacional que, para ele, são erradas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos