Exército inicia operação para libertar reféns de hotel em Burkina Fasso

Nairóbi, 16 jan (EFE).- O exército de Burkina Fasso iniciou na madrugada deste sábado uma operação no hotel Splendid da capital Ouagadogou, onde um grupo de terroristas da Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) se encontra entrincheirado com vários reféns.

De acordo com a imprensa local, a operação começou por volta das 1h30 locais (23h30 de Brasília da sexta-feira) com uma forte explosão seguida de um intenso tiroteio.

A ação do exército burquinês conta com a colaboração das Forças Especiais da França e de agentes do serviço de inteligência dos Estados Unidos.

Antes do início dessa operação militar, pelo menos 12 reféns já tinham sido libertados.

O hotel, que é habitualmente frequentado por estrangeiros e funcionários da ONU, foi tomado na noite de sexta-feira por um comando do grupo jihadista Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI), que matou pelo menos 20 pessoas, segundo fontes sanitárias.

De acordo com testemunhas citadas pela imprensa local, os terroristas teriam detonado um carro-bomba na entrada do hotel antes da invasão.

A AQMI assumiu a autoria do ataque contra o hotel Radisson Blu em Bamaco, a capital do Mali, no dia 20 de novembro, que resultou na morte de 19 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos