Detido com armas na Disneylândia Paris não será julgado por terrorismo

Paris, 30 jan (EFE).- O francês de 28 anos detido na quarta-feira passada em um hotel da Disneylândia Paris com duas pequenas pistolas e um Corão será julgado por posse ilegal de armas e não por terrorismo, informou neste sábado a Promotoria de Meaux, cidade situada ao leste de Paris e onde fica o parque de diversões visitado anualmente por mais de 14 milhões de pessoas.

De acordo com o órgão, o acusado, que comparecerá de forma imediata ao tribunal, pode pegar pena de até cinco anos de prisão e ter de pagar multa de 75 mil euros (R$ 324.837).

Quando foi detido, o homem pretendia entrar no Hotel New York, perto do "Disney Village", com uma mala com duas pistolas de pequeno calibre e um Corão, contudo o alarme do detector de metais soou no momento em que ele passava com a bagagem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos