Dois soldados morrem em confronto com o ELN na Colômbia

Bogotá, 31 jan (EFE).- Dois soldados morreram em confrontos com o Exército de Libertação Nacional (ELN) em uma região rural do departamento do Norte de Santander, no nordeste da Colômbia, informaram neste domingo fontes militares.

Os soldados, que realizavam operações de segurança para a proteção do oleoduto Caño Limón-Coveñas, enfrentaram a companhia capitão Francisco Bossio do ELN na vereda Llana Baja do município de Teorama, segundo um comunicado do Exército reproduzido pela imprensa local.

O ELN, a segunda maior guerrilha da Colômbia, mantém desde janeiro de 2014 diálogos com o governo colombiano para iniciar um processo de paz análogo ao que o Executivo trabalha desde novembro de 2012 com as Farc.

Neste sentido, o ELN emitiu hoje um comunicado no qual diz que só falta uma última reunião com o governo para iniciar oficialmente as conversas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos