Aeroporto de Bruxelas continuará fechado até segunda-feira

Bruxelas, 24 mar (EFE).- O aeroporto de Zaventem, onde ocorreu um dos atentados de Bruxelas na terça-feira, continuará fechado ao tráfego de passageiros pelo menos até a próxima segunda-feira.

Em sua conta no Twitter, o aeroporto informou nesta quinta-feira que as operações das companhias aéreas comerciais seguem suspensas até o domingo e pediu aos passageiros que entrem em contato com as empresas para obter informação.

Uma porta-voz explicou à Agência Efe que ainda não é possível dizer quando será anunciada a reabertura do principal aeroporto da Bélgica, com cerca de 600 voos ao dia e entre 50 mil e 60 mil passageiros.

A representante afirmou que a polícia ainda trabalha no terminal onde aconteceu a dupla explosão, o que impede os funcionários do aeroporto de verem de perto os danos estruturais. Essa avaliação "é bastante crucial" para determinar o reinício das atividades.

Desde ontem, aviões de carga e privados voltaram a utilizar o aeroporto de Zaventem. As companhias que normalmente operam no local deslocaram uma parte de suas operações a outros aeroportos da Bélgica (principalmente Charleroi, Liège e Antuérpia) e do exterior.

Brussels Airlines, a principal das companhias aéreas presentes em Zaventem, com cerca de 230 voos por dia, tinha previsto para hoje realizar 44 em Liège e 20 na Antuérpia. Na quarta-feira, cinco dos aviões da companhia que deveriam ter voado a Bruxelas aterrissaram em Zurique, na Suíça.

Ao todo, 31 pessoas morreram e 300 ficaram feridas nos dois atentados terroristas realizados no aeroporto e em uma estação de metrô de Bruxelas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos