Polícia alemã confirma prisão de 2 suspeitos com vínculos com El Bakraoui

(Acrescenta detalhes do marroquino e declaração da polícia).

Berlim, 25 mar (EFE).- A polícia da Alemanha confirmou nesta sexta-feira a detenção de dois suspeitos, um em Düsseldorf e outro em Giessen (oeste do país), enquanto investiga possíveis vínculos de ambos com os supostos autores dos atentados de Bruxelas.

Um dos presos é um cidadão alemão identificado como Samir E., de 28 anos e que foi detido ontem por um comando especial em um bairro periférico de Düsseldorf. O outro é um marroquino da mesma idade, detido em um controle policial rotineiro na estação de trem de Giessen, e que recentemente esteve na capital belga.

A revista "Der Spiegel" já havia informado sobre o caso de Samir E., um salafista investigado por supostos "preparativos de um ato violento contra a segurança do Estado".

De acordo com a publicação, este suspeito tinha sido interceptado pelas autoridades turcas em 2015 na fronteira com a Síria, junto com Ibrahim El Bakraoui, um dos supostos autores do atentado no aeroporto internacional de Zaventem de terça-feira passada.

A Turquia deportou ambos a Amsterdã, de onde procediam, por suspeitar que pretendiam se unir ao jihadismo ou talvez já militarem no grupo.

A detenção do marroquino ocorreu na noite de quarta-feira, depois que o controle policial constatou que o suspeito se encontrava na Alemanha de forma irregular e que tinha antecedentes tanto neste país como na Itália.

As autoridades comprovaram que ele entrou na Alemanha acompanhado e encontraram documentos que indicam que ele esteve recentemente na região de Bruxelas.

A Polícia de Giessen informou em comunicado que apreendeu um telefone celular, cujo conteúdo está sendo investigado, e determinou a prisão do marroquino por documentação irregular. A Procuradoria irá avaliar qualquer possível vínculo com os atentados de Bruxelas.

Segundo "Der Spiegel", em seu telefone celular constava que tinha recebido duas mensagens de texto no dia dos atentados, Em uma delas era mencionava o nome de Khalid El Bakraoui, suposto autor do ataque no metrô de Bruxelas.

A mensagem seguinte tinha a palavra "Fim", em francês, e foi recebida por seu telefone minutos antes do ataque na estação de metrô.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos