Cameron pede unidade e defesa dos valores cristãos frente ao terrorismo

Londres, 27 mar (EFE).- O Reino Unido deve permanecer unido e defender seus valores cristãos frente às ameaças do terrorismo, disse o primeiro-ministro, David Cameron, em mensagem de Páscoa divulgada neste domingo.

Cameron, que está com sua família em Lanzarote aproveitando alguns dias de descanso até o próximo dia 30, destacou que valores cristãos como a responsabilidade, o trabalho duro e a compaixão também são importantes para pessoas de "todas ou nenhuma fé".

Em sua tradicional mensagem de Semana Santa, Cameron citou os recentes atentados terroristas em Bruxelas, reivindicados pelo grupo Estado Islâmico (EI), que provocaram a morte de 31 pessoas e deixaram mais de 300 feridos.

Para o primeiro-ministro-britânico, a ideologia que apoia ataques como os da capital belga poderia ser derrotada se todos "permanecessem juntos com orgulho" em defesa dos valores citados.

"O Reino Unido deve estar orgulhoso de ser um país cristão, com valores cristãos, mas esses são valores que conectam o mundo todo com o Reino Unido", disse.

Cameron, que se diz "um cristão comprometido, mas vagamente praticante" e "cheio de dúvidas" sobre grandes questões teológicas, já foi criticado por ter se referido ao Reino Unido como um país cristão.

"Quando os terroristas tentam destruir nosso modo de vida, como tentaram fazer de novo de forma tão desprezível em Bruxelas nesta semana, devemos permanecer juntos e mostrar que eles nunca nos assustarão com o terror", acrescentou o primeiro-ministro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos