Novos confrontos entre forças de segurança da Turquia e PKK deixam 15 mortos

Ancara, 27 mar (EFE).- Novos confrontos registrados nas últimas 24 horas no sudeste da Turquia provocaram a morte de 13 guerrilheiros do ilegal Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e de dois membros das forças de segurança do país.

O Exército da Turquia informou neste domingo que um soldado foi morto por um franco-atirador, enquanto um policial não resistiu aos ferimentos após a explosão de uma bomba na cidade de Nusaybin, que está sob toque de recolher desde o último dia 13 deste mês.

O Estado-Maior do Exército da Turquia informou hoje em seu site que 13 rebeldes do PKK foram abatidos ontem, em uma nova operação militar em Nusaybin, que fica perto da fronteira com a Síria.

Desde o início do toque de recolher, as forças de segurança turcas realizam uma ampla operação na cidade para eliminar as bases urbanas do PKK. Segundo o Exército, 95 membros da guerrilha curda morreram na região nas duas últimas semanas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos