Polícia acha munição, dinheiro e drogas em casa de francês preso na Holanda

Bruxelas, 28 mar (EFE).- A polícia da Holanda encontrou na madrugada desta segunda-feira munição, dinheiro, drogas, telefones e cartões de memória na casa do francês Anis B., detido no domingo em Roterdã, no oeste da Holanda, acusado de estar ligado ao atentado frustrado na periferia de Paris na semana passada.

A operação terminou à 1h30 da manhã de hoje (20h30 de domingo em Brasília) sem sobressaltos, informou a promotoria.

O detido, de 32 anos, é suspeito de ter participado da preparação do atentado frustrado em Argenteuil, cidade da periferia de Paris, e de vínculos com o principal acusado na França deste projeto de ataque, Reda Kriket. Na casa de Kriket foram encontradas armas pesadas e explosivos.

Anis B. foi detido em Roterdã depois de as autoridades francesas emitissem uma ordem de detenção europeia na sexta-feira.

A emissora holandesa "NOS" destacou que a operação tinha sido bem preparada para evitar sobressaltos, já que não se sabia se o suspeito tinha armas ou explosivos em casa, e foi realizada com todas as precauções para detê-lo na rua.

Imediatamente depois da prisão a polícia holandesa evacuou as casas mais próximas à do suspeito para revistá-la.

Outros três suspeitos foram detidos em Roterdã neste domingo e esperam para serem interrogados pelas autoridades holandesas.

Por enquanto, só se sabe que desses três, dois são homens de origem argelina que têm 43 e 47 anos.

A detenção de Kriket em Boulogne-Billancourt e as armas e os explosivos encontrados em seu apartamento em Argenteuil levaram os investigadores a concluir que ele planejava um atentado iminente. EFE

mrn/cd

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos