Número de mortos no duplo atentado terrorista de Bruxelas cai para 32

Bruxelas, 29 mar (EFE).- As autoridades da Bélgica informaram nesta terça-feira que todas as vítimas do duplo atentado do dia 22 de março em Bruxelas foram identificadas e que, após uma "revisão profunda", o número definitivo de mortos é de 32 pessoas.

"Após uma verificação conscienciosa, o número de vítimas caiu para 32", afirmou o gabinete da ministra de Assuntos Sociais e Saúde Pública belga, Maggie De Block.

Por sua parte, a porta-voz da procuradoria de Bruxelas, Ine van Wymersch, confirmou durante uma entrevista coletiva que "todas as vítimas foram identificadas".

Das 32 vítimas, 17 são belgas e 15 têm outras nacionalidades, detalhou a porta-voz. Das vítimas mortais, quatro morreram no hospital.

O balanço anterior era de 35 vítimas mortais, sem contar os três terroristas suicidas do duplo atentado.

A explicação desta diferença é que três pessoas apareciam duas vezes, uma vez na lista de falecidos do Departamento de Identificação de Vítimas e outra na lista de mortos dos hospitais, explicou a emissora de televisão "RTL", que assegura que não há menores de idade entre os falecidos.

O responsável do Departamento de Identificação de Vítimas, Christian Decobecq, afirmou também que 31 pessoas foram identificadas por esta unidade e uma pelos serviços hospitalares, informou a agência "Belga".

As autoridades belgas também assinalaram que a identificação de nenhuma vítima será confirmada oficialmente por respeito às famílias.

Quanto aos feridos, segundo o coordenador do Ministério de Saúde Pública, Geert Gijs, 90 pessoas ainda estão hospitalizadas em 28 centros diferentes da Bélgica, das quais 89 estão em terapia intensiva. Além disso, um terço dos pacientes recebe cuidados especiais em centros para queimaduras.

Por sua vez, outros quatro feridos foram transferidos a hospitais da França e dos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos