Satélite mostra indícios de possível novo teste nuclear norte-coreano

Da Efe, em Seul

  • Divulgação/Airbus DS/Spot Image/Reuters

    Imagem obtida nesta quinta-feira (5) revela a movimentação de veículos e armamentos no local

    Imagem obtida nesta quinta-feira (5) revela a movimentação de veículos e armamentos no local

Novas imagens feitas por satélite mostram a chegada de veículos ao centro de testes nucleares de Punggye-ri, na Coreia do Norte, informou neste sábado (7) o site especializado "38 North", uma atividade que pode ser um indício de que "Pyongyang estaria preparando um teste nuclear no futuro próximo".

As imagens, captadas em 5 de maio, mostram veículos chegando ao que parece ser o centro de comando, situado cerca de seis quilômetros ao sul da área de testes.

Apesar de as atividades serem "pequenas" no complexo e de não haver indícios de uma "atividade significativa" na área principal, "os veículos não são vistos com frequência por lá, exceto durante os preparativos para um teste (nuclear)", indicou o site americano, que é associado à Universidade Johns Hopkins.

Nas últimas semanas, especulou-se que a Coreia do Norte poderia realizar seu quinto teste nuclear durante o VII Congresso do Partido dos Trabalhadores, o primeiro nos últimos 36 anos, e que começou ontem em Pyongyang.

Durante a abertura do evento, o líder norte-coreano, Kim Jong-un elogiou em seu discurso os testes nucleares e de mísseis do regime.

No dia 6 de janeiro deste ano, Pyongyang realizou seu último teste nucelar e, um mês depois, realizou o lançamento de um foguete espacial, algo que é considerado pela comunidade internacional como um teste encoberto de mísseis intercontinentais.

Isso fez com que o Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) aprovasse de maneira unânime a resolução 2270, que estabelece sanções mais duras contra o regime norte-coreano.

Entre elas estão a inspeção obrigatória de cargas, restrições na exportação de matérias-primas, embargo do comércio de armas leves, proibição de venda de combustível aeroespacial ao país e sanções financeiras sobre indivíduos, entidades e ativos norte-coreanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos