Estado Islâmico bombardeia base aérea na Síria e destrói helicópteros russos

Washington, 24 mai (EFE).- O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) atacou, na semana passada, uma base aérea de importância estratégica no centro da Síria utilizada pelas forças russas e destruiu diversos helicópteros, informou nesta terça-feira a agência de inteligência americana "Stratfor".

Os jihadistas reivindicaram a autoria do ataque, ocorrido no último dia 17 contra a base aérea conhecida como T4, uma das mais importantes da Síria.

"Imagens de satélite adquiridas pela Stratfor em parceria com AllSource Analysis mostram que a base aérea T4 foi bastante danificada por um ataque de artilharia do Estado Islâmico. Em particular, quatro helicópteros russos MI-24 parecem ter sido destruídos", divulgou a agência.

Além disso, a Stratfor destaca que a parte nordeste do aeroporto, onde se concentra o uso de helicópteros, sofreu danos consideráveis. Além das aeronaves, 20 caminhões também foram atingidos pelo ataque.

O local onde fica a base aérea é considerado estratégico, já que está na província de Homs, que abrange parte do deserto sírio perto da cidade de Raqqa, capital do "califado" autoproclamado pelo EI.

As forças internacionais estão tentando enfraquecer os jihadistas para tomar o controle de Raqqa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos