Forças iraquianas libertam nova zona perto de Faluja

Bagdá, 24 mai (EFE).- O Exército iraquiano, apoiado por milicianos xiitas, conseguiu recuperar o controle da zona de Al Carma, a apenas 15 quilômetros da cidade de Faluja, no marco da ofensiva lançada na segunda-feira para expulsar o grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Pelo menos 25 jihadistas morreram nos violentos combates que precederam a libertação da cidade, informou à Agência Efe uma fonte de segurança da província de Al-Anbar, onde fica Faluja.

As forças iraquianas içaram a bandeira nacional sobre os edifícios governamentais e agora se dedicam a desativar os artefatos explosivos colocados pelos jihadistas em Al Carma para dificultar o avanço das forças governamentais rumo a Faluja.

Nas operações participaram, além de soldados do Exército e da milícia xiita Multidão Popular, agentes da Polícia Federal e da aviação militar iraquiano e da coalizão internacional.

Al Carma está situada a 15 quilômetros ao leste de Faluja, que é a segunda cidade em importância de Al-Anbar e se encontra a 50 quilômetros de Bagdá.

Ontem, o Exército iraquiano anunciou o começo da ofensiva para libertar a estratégica Faluja do controle dos terroristas, que ocuparam a urbe em janeiro de 2014.

Poucas horas após seu começo, a Célula de Informação de Guerra do Exército informou sobre a morte do governador de Faluja do EI, identificado como Haji Hamza, em um ataque no qual também faleceram vários colaboradores seus.

As Nações Unidas alertaram ontem sobre o perigo que, com a ofensiva militar, enfrenta a população civil nesta cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos