Sanders pede nova apuração de votos em primária democrata no Kentucky

Washington, 24 mai (EFE).- O pré-candidato do Partido Democrata à presidência dos Estados Unidos Bernie Sanders pediu nesta terça-feira uma nova apuração dos votos da primária realizada na semana passada em Kentucky, nas quais a vencedora extraoficial foi Hillary Clinton, por uma margem bastante pequena.

Em comunicado, a secretária de Estado de Kentucky, Alison Grimes, anunciou que a campanha de Sanders pediu a apuração, na qual solicita uma comprovação e a apuração de cada urna e do voto por correio em todas as seções eleitorais e em todos os condados.

"Meu escritório está notificando todas as juntas eleitorais de condado que o senador Sanders pediu uma apuração e estamos orientando eles sobre as leis e procedimentos que devem seguir", disse Alison, responsável pela organização e supervisão dos processos eleitorais no estado.

De acordo com a primeira apuração, Hillary venceu Sanders em Kentucky por uma vantagem de apenas 1.924 votos nas eleições primárias realizadas no dia 17 de maio.

A diferença foi tão pequena que tanto Hillary como Sanders obtiveram o mesmo número de delegados em Kentucky, 27, algo que provavelmente não mudará após essa nova apuração. Assim, caso a nova análise favoreça ao senador, seria uma vitória simbólica.

Para Sanders, a missão de conseguir a indicação do partido é praticamente impossível, já que a ex-secretária de Estado tem 3 milhões de votos e centenas de delegados de vantagem, mas o senador assegurou em várias ocasiões que seguirá na corrida até a Convenção Nacional Democrata em julho, e que brigará por cada voto nos estados que ainda votarão no processo de primárias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos