Ex-presidente dos EUA Jimmy Carter deixa a organização Elders

Washington, 25 mai (EFE).- O ex-presidente dos Estados Unidos Jimmy Carter anunciou nesta quarta-feira que deixará seu papel central na ONG Elders, que promove a democracia no mundo.

"Desde o Oriente Médio à mudança climática, os direitos das mulheres e a diplomacia, Jimmy forneceu o peso da experiência presidencial, mas também a paixão de um ativista que acredita que o mundo pode e deve mudar", afirmou o presidente da Elders e ex-secretário-geral da ONU, Kofi Annan, em comunicado.

"A organização não seria o que é hoje sem o impulso e a visão de Carter", completou Annan sobre o político democrata, que foi presidente dos EUA entre 1977 e 1981.

O Centro Carter não explicou as razões da saída do ex-presidente da organização, que intermediou conflitos, crises e realiza ações de promoção da democracia em várias regiões do mundo.

Carter, que fazia parte da Elders desde 2007, se submeteu a um tratamento contra o câncer, do qual os médicos afirmaram em março que está livre, e mantém suas atividades através de seu centro.

A Elders foi fundada pelo falecido ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela e conta com a participação de importantes figuras do mundo da diplomacia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos