Parlamento iraniano reelege conservador Ali Larijani como presidente

Teerã, 29 mai (EFE).- O parlamento do Irã reelegeu neste domingo pela oitava ocasião o conservador Ali Larijani como presidente na primeira sessão da décima legislatura, uma decisão esperada apesar da maioria de deputados reformistas e moderados que compõem a Câmara.

Larijani foi eleito com 173 votos frente contra os 103 que obteve a principal figura reformista, Mohamad Reza Aref, em uma votação na qual os conservadores "principalistas", os deputados independentes e inclusive alguns reformistas votaram em bloco pelo vigente presidente da assembleia.

No entanto, a eleição de Larijani, próximo ao líder Ali Khamenei, filho de um reputado aiatolá da época revolucionária e irmão do conservador ministro da Justiça, não constitui uma derrota do campo reformista nem um perigo para o governo do moderado Hassan Rohani, que tem no veterano político um de seus maiores aliados parlamentares.

Ontem o parlamento iraniano abriu sua décima legislatura, a primeira com mais mulheres que clérigos desde o triunfo da Revolução Islâmica em 1979 e marcada pela presença reforçada de deputados reformistas.

Os deputados eleitos em 26 de fevereiro e no segundo turno disputada em 29 abril assumiram suas cadeiras e formaram o Parlamento iraniano mais "liberal" em mais de uma década, com 121 deputados reformistas e moderados, 83 "principalistas" e os demais grupos independentes de variadas tendências.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos