Oposição valida o dobro de assinaturas exigidas para referendo na Venezuela

A oposição venezuelana conseguiu validar 409.313 assinaturas, mais do que o dobro das exigidas pelo Poder Eleitoral da Venezuela para solicitar a ativação de um referendo para revogar o mandato do presidente Nicolás Maduro, anunciou nesta sexta-feira o líder opositor Henrique Capriles.

"No total, apesar de todos esses obstáculos, de tudo o que ocorreu, de todos os que foram excluídos, apesar de tudo, conseguiram validar suas assinaturas 409.313 patriotas venezuelanos", informou Capriles em entrevista coletiva.

O balanço foi divulgado pelo ex-candidato presidencial ao lado os dirigentes da coalizão MUD (Mesa da Unidade Democrática), após a conclusão das cinco jornadas autorizadas pelo CNE (Conselho Nacional Eleitoral) para validar as assinaturas.

"Foram derrotados e vão continuar sendo derrotados. E cada vez que tenhamos que apelar para a vontade do nosso povo, eles serão derrotados, porque aqui o grande perdedor é Nicolás Maduro", disse.

O CNE deu aos opositores cinco dias para que fossem aos centros de validação para certificar pelo menos 194.729 assinaturas, equivalentes a 1% do colégio eleitoral da Venezuela, para superar a primeira fase do processo de convocação do referendo revogatório.

Para chegar até essa fase, os opositores entregaram quase 2 milhões de assinaturas, que depois foram submetidas a um processo de verificação que excluiu mais de 600 mil delas, por distintas razões, entre elas a do próprio Capriles.

Apesar de os opositores terem superado amplamente o número exigido pelo órgão eleitoral, eles não conseguiram validar nem a metade dos 1,3 milhões que deveriam ser confirmadas.

Capriles reiterou hoje as denúncias de que o CNE teria colocado obstáculos no processo, disponibilizando apenas 300 máquinas em todo o país para a validação. Nos cálculos do líder opositor, com essa limitação, seria impossível que todos verificassem suas assinaturas em apenas cinco dias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos