Pablo Iglesias volta a estender as mãos aos socialistas após votar

Madri, 26 jun (EFE).- O candidato da aliança esquerdista Unidos Podemos à presidência do governo espanhol e segundo nas pesquisas, Pablo Iglesias, voltou a estender as mãos aos socialistas para formar um governo que "tire" o conservador Mariano Rajoy do poder.

Após exercer seu direito ao sufrágio no popular bairro madrilenho de Vallecas, Iglesias recalcou que está se consolidando "uma nova transição" na Espanha e que estas eleições dirigirão o país a "uma nova direção".

"Saímos a ganhar mas, em qualquer caso, reitero a mão estendida ao Partido Socialista", afirmou Iglesias, ao assegurar que "ninguém pensa" na realização de terceiras eleições.

Nestas eleições, o Podemos de novo se uniu à Esqueda Unida e outras formações afins regionais.

Isto lhes permitiu superar o tradicional PSOE nas pesquisas e ficar na segunda posição, atrás do governamental Partido Popular.

O dia de votação transcorre sem incidentes na Espanha, onde mais 36,5 milhões de cidadãos foram convocados às urnas para escolher os 350 deputados do Congresso e 208 senadores que conformarão as Câmaras do Legislativo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos