Governo turco responsabiliza Estado Islâmico por atentado em Istambul

Ancara, 29 jun (EFE).- O triplo atentado cometido ontem por três terroristas suicidas no aeroporto de Istambul e que deixou 41 mortos foi realizado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), afirmou nesta quarta-feira o primeiro-ministro da Turquia, Binali Yildirim, em entrevista coletiva transmitida ao vivo pela rede de televisão "NTV".

"Continuamos pensando que foi o EI", disse Yildirim em resposta a uma pergunta sobre a autoria do atentado, reafirmando assim os primeiros indícios apontados pelo governo.

"A investigação afirma que foi o Estado Islâmico, e em poucos dias divulgaremos os nomes e outros detalhes dos terroristas", declarou.

Yildirim também rejeitou especulações sobre falta de segurança no aeroporto alegando que os terroristas se explodiram perto do controle de raio-X da sala de embarque porque não poderiam passar por ele com suas armas.

Segundo os dados divulgados hoje ao meio-dia pelo escritório do governador de Istambul, dez dos 41 mortos eram estrangeiros e três tinham dupla nacionalidade (turca e de outros países), mas as autoridades não especificaram ainda os países de origem das vítimas. EFE

dt-iut/id

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos