Itália recupera embarcação que afundou com centenas de imigrantes em 2015

Roma, 29 jun (EFE).- A Marinha italiana recuperou a embarcação que naufragou em abril do ano passado carregada de imigrantes e na qual, segundo as estimativas, pode ter morrido centenas de pessoas, informou nesta quarta-feira o corpo em comunicado.

Esta embarcação estava em águas do Mediterrâneo a 370 metros de profundidade, foi tirada flutuando na segunda-feira passada graças a um guindaste instalado na embarcação Ivory e foi transferida ao porto siciliano de Augusta.

Neste local as autoridades tentam recuperar os corpos que possam estar em seu interior.

O naufrágio ocorreu em 18 de abril de 2015 e, segundo as estimativas, e centenas de pessoas podem ter morrido, muitas delas fechadas nas adegas e nas partes inferiores da embarcação.

Após o desastre foram recuperados 20 corpos.

Os corpos serão examinados por especialistas sanitários de várias universidades, coordenados pela professora Cristina Cattaneo, do Laboratório de Antropologia e Odontologia Legista.

O objetivo, segundo ressalta a Marinha, será "adquirir informações de utilidade para criar uma rede em nível europeu que permita esclarecer a identidade dos corpos através do cruzamento de dados".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos