Homem é preso na Bolívia por fingir ser deputado para roubar

La Paz, 12 jul (EFE).- Um tribunal da Bolívia ordenou nesta terça-feira a prisão de um homem que se fez passar por deputado e advogado e que conseguiu roubar pelo menos 25 pessoas oferecendo-lhes trabalho no governo em troca de dinheiro, informou a Procuradoria Geral.

Em uma audiência cautelar realizada em La Paz foi determinada a detenção preventiva de Ruperto Peñaranda, afirmou o procurador distrital dessa região boliviana, Edwin Blanco, segundo um comunicado do Ministério Público.

A procuradoria acusou Peñaranda "pelo crime de fraude com o agravante de vítimas múltiplas, além do uso de instrumento falsificado", detalhou Blanco.

Várias vítimas da fraude denunciaram Peñaranda no domingo passado e alegaram ter lhe pagado diferentes montantes de dinheiro que oscilam entre US$ 300 e US$ 3.000 para obter postos de trabalho em instituições estatais, acrescentou a procuradoria.

Segundo as versões das vítimas, Peñaranda lhes entregou em troca do dinheiro supostos documentos do parlamento com avais para ter acesso um cargo público.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos