Papa anuncia que visitará zonas afetadas pelo terremoto na Itália

Cidade do Vaticano, 28 ago (EFE).- O papa Francisco voltou a mostrar neste domingo solidariedade com as vítimas do terremoto que sacudiu a região central da última quarta-feira e disse, depois da tradicional oração do Ângelus, que "apenas se for possível", visitará as zonas mais afetadas pelo tremor.

Francisco falou aos fiéis reunidos na Praça de São Pedro da varanda do Palácio Apostólico e expressou sua "proximidade espiritual" com os moradores de Lácio, Marcas e Úmbria, todos "duramente afetados pelo terremoto destes dias".

"Penso especialmente nas pessoas de Amatrice, Arquata do Tronto, Norcia. De novo digo a essas queridas cidades que a Igreja compartilha de seu sofrimento e suas preocupações. E que reza pelos mortos e pelos sobreviventes", disse o pontífice.

"A atuação das autoridades, das forças de ordem, de proteção civil e dos voluntários estão mostrando quão importante é a solidariedade para enfrentar testes tão dolorosos", completou.

O terremoto de magnitude 6 graus na escala Richter afetou várias localidades no centro da Itália, provocando 290 mortes, segundo o último balanço oficial divulgado pela Defesa Civil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos