Defesa Civil da Itália confirma 290 mortes em terremoto

Roma, 29 ago (EFE).- O órgão encarregado da Defesa Civil na Itália confirmou nesta segunda-feira que o balanço provisório de mortes causadas pelo terremoto do dia 24 é de 290 e informou que 2.900 pessoas estão recebendo assistência em acampamentos habilitados em diversas áreas do centro do país.

O órgão manteve assim o número de vítimas informado ontem e explicou que nas últimas horas foram recuperados outros dois corpos em Amatrice, a cidade mais devastada pelo terremoto que no dia 24 de agosto castigou o centro da Itália.

A Defesa Civil italiana detalhou que, da apuração oficial provisória, 229 pessoas morreram em Amatrice, 11 em Accumoli e 50 na região de Las Marcas.

A população desalojada que recebe assistência em acampamentos e áreas predispostas após a tragédia chega a 2.900 pessoas.

O órgão italiano afirmou que "os trabalhos de busca de desaparecidos ainda estão operativos" e ressaltou que os mesmos se concentram tanto na retirada de escombros como na ajuda aos sobreviventes.

O prefeito de Amatrice, Sergio Pirozzi, denunciou hoje que ainda há uma dezena de pessoas desaparecidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos