Cazaquistão detém 21 integrantes de três grupos radicais

Astana, 31 ago (EFE).- O Cazaquistão deteve 21 pessoas pertencentes a três grupos radicais nas regiões do Cazaquistão Ocidental e Aktobe em uma operação policial realizada entre 12 e 30 de agosto, informou nesta quarta-feira o Comitê de Segurança Nacional (CSN) do país centro-asiático.

"Os radicais planejavam ataques contra as forças de segurança assim como atos de terrorismo em lugares de concentração em massa de população. Seus planos foram frustrados", indicou o serviço de imprensa do CSN.

A operação policial aconteceu nas regiões do Cazaquistão Ocidental, onde dez pessoas foram detidas, e Aktobe, onde outras 11 foram presas.

O CSN informou também sobre a apreensão, durante a revista em imóveis dos detidos, várias armas de fogo e munição, dinamite, artefatos explosivos caseiros, armas brancas e material "extremista" impresso e de áudio.

Os supostos radicais foram acusados de incitação ao ódio por motivos sociais, raciais ou religiosos, incitação ao terrorismo, filiação a grupo terrorista e fabricação e posse ilícita de armas. EFE

kk/ff

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos