Sarkozy quer serviço militar obrigatório para jovens desempregados na França

Paris, 31 ago (EFE).- O ex-presidente da França, o conservador Nicolas Sarkozy, candidato às primárias do partido Les Républicains (Os Republicanos) para as eleições presidenciais, destacou nesta quarta-feira sua intenção de implantar o serviço militar obrigatório para jovens desempregados.

"Todo jovem de 18 anos que não tenha um emprego ou formação será obrigado a participar do serviço militar, onde aprenderá a levantar cedo, a respeitar a disciplina e, inclusive, a falar francês", disse o ex-presidente francês em seu discurso na universidade de verão da patronal francesa Medef.

O ex-chefe de Estado, que retornar ao Palácio do Eliseu, insistiu nessa ideia que foi anunciada em abril, quando ainda exercia a presidência de seu partido político.

Sua proposta, segundo ele mesmo destacou hoje, está orientada principalmente para aqueles que abandonaram o sistema escolar.

Caso vença as primárias de seu partido e consiga depois a chegar à presidência da França em 2017, Sarkozy também defendeu que sejam enviados a internatos com controle reforçado os jovens que "tornam impossível" a vida dos outros alunos em escolas e institutos.

"E aos pais que não queiram este destino para seus filhos, serão suspensas, imediatamente, as ajudas familiares e sociais", advertiu Sarkozy, que anunciou claramente sua ambição de retornar à presidência com o lançamento de seu livro "Tout pour la France" ("Tudo pela França", tradução livre) na semana passada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos