Novos bombardeios russos e sírios deixam pelo menos 14 mortos em Aleppo

Cairo, 25 set (EFE).- Pelo menos 14 pessoas, entre elas duas crianças, morreram neste domingo em bombardeios realizados por helicópteros do regime da Síria e por aviões da Rússia sobre vários bairros da cidade de Aleppo, no norte do país.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos afirmou que os ataques ocorreram desde a madrugada até o início da tarde de hoje. Os bairros atacados são controlados por facções de rebeldes que se opõem ao regime do presidente da Síria, Bashar al Assad.

Também houve bombardeiros na periferia norte de Aleppo.

Por outro lado, facções armadas islamitas, apoiadas pela Turquia, recuperaram hoje o controle da cidade de Kadrish, localizada ao norte de Aleppo, após confronto contra o grupo Estado Islâmico (EI).

Aleppo é palco desde quinta-feira de intensos bombardeios e de uma ofensiva do Exército sírio, apoiado pela Rússia. Mais de 50 pessoas morreram no sábado nos ataques contra vários bairros do leste da cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos