Exército da Síria pede que civis se afastem de zonas da oposição em Aleppo

Beirute, 26 set (EFE).- O Exército da Síria pediu nesta segunda-feira aos civis dos bairros do leste da cidade de Aleppo, em poder da oposição e cercados pelas forças armadas, se afastem das posições dos "grupos terroristas" na região.

O comando das operações militares em Aleppo reiterou que aplicará todas as medidas possíveis para facilitar a recepção dos civis que desejem deixar as áreas controladas pelos opositores e garantirá que eles tenham alojamento, segundo comunicado divulgado hoje pela agência oficial de notícias "Sana".

Na nota, o Exército afirmou que os passos incluem também "aqueles que foram enganados e que desejam voltar para o caminho correto".

Há quatro dias, as Forças Armadas da Síria anunciaram um início das operações contra os opositores na parte leste de Aleppo.

A "Sana" afirmou que as autoridades abriram vários corredores para que os moradores possam sair dos bairros do leste da cidade e disse que centenas de civis e rebeldes já optaram por esse caminho.

A agência disse que esses cidadãos estão sendo levados a centros de amparo. Já os milicianos da oposição estão "regularizando" seu status legal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos