Falsos alertas de bomba em edifícios oficiais continuam na Bélgica

Bruxelas, 10 out (EFE).- Vários edifícios oficiais da Bélgica tiveram que ser fechados e evacuados em Bruxelas nesta segunda-feira depois de dois falsos alertas de bomba, entre eles o prédio que abriga a procuradoria da cidade, cinco dias depois que alertas e denúncias parecidas causaram o caos na cidade.

O segundo edifício sobre o qual houve um alerta de bomba foi o Palácio de Montesquieu, onde se encontram as salas civis do tribunal de primeira instância de Bruxelas, informou a agência "Belga".

Ambos alertas foram suspensos por volta das 14h30 locais (9h30 de Brasília).

Tanto o edifício Portalis, onde fica a procuradoria, como o Palácio de Montesquieu, estão localizados na mesma rua de Bruxelas, muito perto do Palácio de Justiça.

Os dois alertas provocaram a interdição do trânsito de automóveis e bondes na região.

No último dia 5, vários alertas de bomba, que depois foram comprovados como falsos, obrigaram as autoridades a esvaziarem estações de metrô e trem em Bruxelas, em um dia no qual também ocorreu uma agressão contra dois agentes em um suposto ataque terrorista.

Horas mais tarde, houve um duplo alerta de bomba nas estações de Charleroi Sul e do aeroporto dessa mesma cidade, o que fez com que as pessoas deixassem o local e interrompeu o trânsito ferroviário durante mais de uma hora e meia, afetando as conexões por trem em todo o país e aos voos programados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos