Forças iraquianas recuperam região de Al Rutba, no oeste do país

Bagdá, 25 out (EFE).- As forças iraquianas conseguiram recuperar nesta terça-feira o controle da região de Al Rutba, que fica 285 quilômetros a oeste de Ramadi, capital da província de Al-Anbar, no oeste do Iraque e perto da fronteira com a Jordânia, depois que milicianos do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) invadiram a população ontem.

O escritório de informação do governador de Al-Anbar, Suhaib al Rawi, disse hoje em comunicado que a área de Al Rutba foi liberada totalmente pelas forças iraquianas, "que içaram a bandeira do Iraque no edifício governamental".

Por outro lado, o Comando de Operações de Al-Anbar disse em outra nota que as forças de segurança conseguiram "livrar Al Rutba totalmente das milícias criminosas do EI".

O comando precisou, no entanto, que "as operações continuam para limpar outras áreas de grupos terroristas".

Além disso, uma fonte de segurança de Al-Anbar disse à Agência Efe que as forças iraquianas retomaram o controle total dos bairros de Al Askari e Al Intisar, mas que os distritos de Al Mizaq, Al Hara e Al Karbala ainda são cenário de enfrentamentos esporádicos com combatentes jihadistas escondidos em vários edifícios.

Essa mesma fonte acrescentou que as forças de segurança controlam a situação na região de Al Rutba e que vão eliminar nas próximas horas os redutos do EI que continuam ativos.

De acordo com a fonte, dezenas de integrantes do EI morreram nos combates, além de 15 efetivos das forças de segurança e milicianos sunitas pró-governo, enquanto outros 25 ficaram feridos.

Os combatentes do EI atacaram a região de Al Rutba nas últimas 24 horas e conseguiram controlar vários bairros, mas a chegada de reforços permitiu a retomada do controle da área, exceto em alguns redutos que, neste momento, estão sendo palco de enfrentamentos.

Os combates em Al Rutba coincidem com a ofensiva das forças iraquianas e curdas ("peshmergas") sobre a cidade de Mossul, último grande reduto dos extremistas do EI no Iraque, que estão retrocedendo lentamente e oferecendo dura resistência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos