PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Manifestantes protestam contra governo de Temer em frente ao Congresso

29/11/2016 18h54

Brasília, 29 nov (EFE).- Milhares de manifestantes se reuniram nesta terça-feira em frente ao Congresso Nacional para protestar contra o presidente Michel Temer e contra manobras promovidas por parlamentares para tentar abrandar o pacote de dez medidas contra a corrupção que está sendo analisada hoje na Câmara dos Deputados.

A manifestação foi convocada por movimentos estudantis e sindicais pela ocasião da votação no Senado da PEC 55, que prevê um teto de gastos para o governo nos próximos 20 anos, e do pacote de leis contra a corrupção na Câmara dos Deputados.

Na semana passada, deputados acertaram nos bastidores a inclusão nas medidas anticorrupção de uma anistia ao caixa 2, um dos eixos de investigação da Operação Lava Jato. No domingo, Temer convocou entrevista coletiva com os presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara, Rodrigo Maia, para afirmar que a anistia está descartada.

Em alguns momentos, a Polícia Militar chegou a entrar em confronto com manifestantes que estavam no gramado em frente ao Congresso ao tentar dispersá-los com bombas de gás lacrimogêneo. Alguns dos participantes do protesto chegaram a agredir jornalistas e atacaram um veículo de uma emissora de televisão, como pôde constatar a Agência Efe no local.

As sessões no Senado e na Câmara dos Deputados foram confirmadas apesar das pressões dos manifestantes e do luto declarado no país pelo acidente sofrido na Colômbia com a delegação da Chapecoense.

No acidente morreram 71 das 77 pessoas que estavam a bordo do avião, de acordo com os últimos dados divulgados pelas autoridades da Colômbia, em voo que tinha sido fretado pelo clube brasileiro para a disputa da primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, em Medellín.

Internacional