Agência turca afirma que houve novo acordo para cessar-fogo em Aleppo

Em Istambul

  • Stringer/Reuters

    Mulheres fazem protesto em solidariedade aos moradores de Aleppo e contra o regime de Assad, no Marrocos

    Mulheres fazem protesto em solidariedade aos moradores de Aleppo e contra o regime de Assad, no Marrocos

O governo da Síria e as forças de oposição acordaram um novo cessar-fogo no leste de Aleppo, na madrugada desta quinta-feira (15), que permitirá aos civis abandonar imediatamente a área em ônibus, informaram fontes de inteligência turcas e chefes rebeldes à agência "Anadolu".

O cessar-fogo, que ainda não foi confirmado oficialmente pelo governo de Damasco, entrou em vigor 1h (hora local) de hoje, segundo comandantes da oposição que pediram anonimato citado pela agência.

As fontes da oposição síria disseram que os civis do leste de Aleppo começarão a deixar a região em veículos quando entrar em vigor a trégua.

Os ônibus transportarão civis e combatentes da oposição até a manhã desta quinta, quando não houver violações do cessar-fogo.

Fontes de inteligência turcas disseram à agência que o acordo foi alcançado após as conversas entre Turquia e Rússia, países fiadores da oposição e do regime sírio, respectivamente.

A expectativa é que os moradores da área sitiada cheguem em Idlib, situada no sudoeste de Aleppo e controlada pelas forças de oposição.

Ontem, o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, falou com o mandatário russo, Vladimir Putin, e concordaram com a necessidade de evitar a violação do cessar-fogo em Aleppo e da retirada da população civil, segundo a própria agência.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos