Exército iraquiano mata 12 terroristas do EI no sudeste de Mossul

Erbil (Iraque), 22 dez (EFE).- O Exército iraquiano repeliu hoje um ataque da organização terrorista Estado Islâmico (EI) contra unidades militares no sudeste da cidade iraquiana de Mossul e matou a 12 membros do grupo, informou à Agência Efe um porta-voz da IX divisão blindada do Exército.

O coronel Adel al Yamili, responsável de informação da IX divisão, explicou que o EI atacou as unidades militares defensivas desdobradas nos bairros Al Salam, Al Seha, Al Mizaq e Al Entesar, situados no sudeste de Mossul.

Entre os membros mortos estão 4 terroristas preparados para cometer atentados suicidas e um franco-atirador.

Além disso, durante o ataque abortado, os militares iraquianos interceptaram um avião não-tripulado e destruíram duas motocicletas do grupo radical.

Por outro lado, o Comando de Operações de Libertação de Ninawa revelou que encontraram material explosivo e drones em um bairro do sudeste da cidade que o EI utilizava em seus atentados contra as tropas iraquianas.

O estoque foi esvaziado e confiscado, indicou o Comando em comunicado.

As Forças de Segurança iraquianas e curdas lançaram em 17 de outubro uma ofensiva para libertar Mossul, a segunda mais importante do país e que caiu em mãos do EI em 2014.

As forças antiterroristas e o Exército iraquiano conseguiram nas últimas semanas recuperar vários bairros do leste da cidade, como Kukyeli, Al Qudis, Al Karama, Tahrir, Áden, Al Entesar, Al Samah e Al Bakr.

Os combates dentro da cidade, onde vive mais de um milhão de pessoas, são caracterizados por sua violência e intermitência e o Exército iraquiano e os "peshmergas" curdos raras vezes informam sobre os baixas em suas fileiras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos