Falsa reunião de "ministro israelense" motiva ameaça nuclear do Paquistão

Jerusalém, 25 dez (EFE).- Uma falsa reunião de um "ministro" israelense de Defesa que já não exerce função e que ameaçava "destruir" o Paquistão por uma razão inverossímil acabou gerando uma ameaça nuclear contra Israel por parte do ministro paquistanês de Defesa, Jawaja M. Asif, informou neste domingo em seu site o jornal "Ha'aretz".

O mal-entendido começou com uma "informação" divulgada pelo "AWD News", que em artigo publicado há poucos dias citava o "ministro da Defesa de Israel" Moshe Yaalon dizendo que Israel destruiria o Paquistão se este país enviasse tropas terrestres à guerra contra o Estado Islâmico na Síria.

Asif respondeu na sexta-feira à suposta ameaça israelense com um tweet próprio no qual recuperava a reunião do "ministro" e agregava que "Israel esquece que o Paquistão é também um estado nuclear".

Ontem, após conhecer o mal-entendido, o Ministério da Defesa de Israel disse que a reunião de Yaalon é "inteiramente falsa".

"A informação à qual o ministro da Defesa paquistanesa respondia é completamente falsa", comunicou o Ministério, que lembrou que Yaalon seria em todo caso "ex-ministro".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos