EUA sancionam máfia japonesa Yakusa por lavagem de dinheiro

Washington, 30 dez (EFE).- O governo dos Estados Unidos anunciou nesta sexta-feira sanções contra vários líderes e duas entidades de uma das quadrilhas da Yakusa, o maior grupo mafioso do Japão, por suas atividades de lavagem de capitais.

O Departamento do Tesouro americano informou em comunicado das sanções impostas aos membros do grupo yakusa Kobe Yamaguchi-gumi, uma facção recentemente escindida da Yamaguchi-gumi que se transformou em uma das principais gangues yakusa do país, com quase 7.000 membros.

As sanções incluem o congelamento de ativos de três veteranos líderes da Yakusa identificados como Takashi Ikeda, de 71 anos; Kunio Inoue, de 68, e Osamu Teraoka, de 67, com quem as instituições financeiras dos EUA não poderão mais fazer negócios.

As punições também afetam duas entidades, a própria Kobe Yamaguchi-gumi e o Yamaken-gumi, considerado pelas autoridades americanas como uma organização subsidiária da rede criminosa.

"Esta ação reflete o compromisso contínuo do Departamento do Tesouro de proteger os sistemas financeiros americanos e internacionais da influência maligna das organizações criminosas transnacionais", afirmou no comunicado John Smith, diretor interino do Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC, na sigla em inglês).

A Kobe Yamaguchi-gumi se formou em setembro de 2015, quando 13 de suas gangues, incluindo a Yamaken-gumi, se separaram da organização troncal para formar sua própria Yakusa.

As autoridades americanas incluíram a Yamaguchi-gumi em suas listas negras de organizações sancionadas em fevereiro de 2012.

A Yakusa tem relações com quadrilhas criminosas na Ásia, Europa e América, onde utiliza empresas legítimas dos setores de construção, bens imobiliários e finanças, entre outros, para lavar dinheiro e ocultar os lucros de suas atividades ilegais.

Nos Estados Unidos, segundo o Tesouro, a Yakusa esteve envolvida no narcotráfico e na lavagem de dinheiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos