Brasil envia 1 tonelada de ajuda humanitária para Síria

Em Brasília

O governo brasileiro enviou 1 tonelada de remédios e insumos para à Síria para fazer frente à crise humanitária que o país vive há quase seis anos por causa do conflito, informou o Ministério da Saúde brasileiro nesta sexta-feira.

O navio Fragata União da Marinha partiu do Rio de Janeiro rumo ao Líbano. Lá a Organização Mundial da Saúde (OMS) se encarregará de levar a carga à Síria e distribui-la entre as vítimas do conflito.

A remessa inclui 44 mil unidades de medicamentos e três kits de medicamentos e insumos estratégicos de saúde, com capacidade para atender 500 pessoas por um período de três meses. Entre os produtos há tratamento para doenças infecciosas, como a tuberculose, e vacinas para prevenir doenças graves em crianças, como pneumonia e meningite.

Desde o início do conflito, em março de 2011, cerca 5 milhões de pessoas saíram da Síria para se refugiar em países vizinhos, fugindo das ofensivas do Exército de Bashar al Assad e dos ataques dos jihadistas do Estado Islâmico (EI). Além dessas pessoas, 8 milhões estão deslocadas dentro da própria Síria, sendo a metade crianças, conforme um relatório da Agência das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).

Segundo dados da Acnur Brasil, divulgados em março do ano passado, cerca de 2.100 refugiados sírios vivem atualmente no Brasil, a maioria em São Paulo.

O conflito sírio já causou a morte de mais de 300 mil pessoas, de acordo com dados do Observatório Sírio de Direitos Humanos.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos