Assad ordena mudança em três pastas do governo sírio

Cairo, 29 mar (EFE).- O presidente sírio, Bashar al-Assad, ordenou nesta quarta-feira a mudança de três ministros do governo liderada por Imad Khamis, informou a agência de notícias oficial "Sana", sem precisar os motivos.

O líder sírio emitiu um decreto para remodelar parcialmente o Executivo, pelo qual nomeou Hisham Mohamed Mamduh al Shaar, novo titular de Justiça, em substituição a Nayem Hamed al-Ahmad, acrescentou a agência.

Assad designou Samer Abdel-Rahman al Khalil, ministro das Finanças e Comércio Exterior, para substituir Adib Malia; e Salam Mohammed al Safaf, novo titular de Desenvolvimento Administrativo, em substituição de Hassan ao Nouri.

Trata-se da primeira mudança no governo do primeiro-ministro Khamis, constituído em junho após o pleito legislativo de abril de 2016.

A agência de notícias "Sana" não indicou o motivo pelo qual ocorrem estas mudanças no Executivo e nem ofereceu dados sobre os novos ministros.

A Síria é palco de uma guerra civil há seis anos, que tirou a vida de mais de 320 mil pessoas.

A economia sofre uma grande deterioração e no último ano a libra síria experimentou uma grande desvalorização.

Antes do começo da guerra, um dólar valia 50 libras, enquanto atualmente o câmbio supera 500 libras.

Uma das prioridades do governo de Jamis nestes meses foi a luta contra a corrupção.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos