Forças de segurança prendem "membro perigoso" do Estado Islâmico no Líbano

Beirute, 31 mai (EFE).- As forças de segurança do Líbano prenderam nesta quarta-feira um dos "membros mais perigosos" do grupo Estado Islâmico (EI), de nacionalidade palestina.

Em comunicado, as autoridades libanesas afirmaram que uma patrulha da Direção de Segurança de Estado conseguiu deter, após uma operação da polícia, o palestino identificado pelas iniciais A.M., e considerado como "um dos membros mais perigosos do EI".

O órgão de segurança não deu detalhes sobre a região onde ocorreu a operação. Apenas afirmaram que A.M. já estava sendo procurado pelos bairros do sul de Beirute, capital do Líbano, após a prisão de dois de seus companheiros. Os três fariam parte de uma célula do EI.

Segundo as autoridades do Líbano, os presos estavam em contato com foragidos que moram no campo de refugiados palestinos de Ain el Hilweh, no sul do país.

As forças de segurança libanesas intensificaram a prisão de jihadistas e o desmantelamento de células terroristas para impedir a desestabilização do país. Os agentes estão recebendo material militar de países como os EUA, França e Itália, com o objetivo de combater de maneira efetiva o avanço do EI.

A situação de segurança se deteriorou no Líbano, especialmente no leste, nordeste e norte do país, desde o começo do conflito sírio em 2011.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos