EUA sanciona banco e cidadãos chineses por negócios com a Coreia do Norte

Washington, 29 jun (EFE).- O Governo dos Estados Unidos anunciou nesta quinta-feira sanções a um banco da China e a dois cidadãos do país por fazer negócios com a Coreia do Norte, em uma tentativa de pressionar Pequim para atuar de maneira mais firme contra os programas nucleares e de mísseis de Pyongyang.

O secretário do Tesouro dos EUA, Steve Mnuchin, anunciou as sanções em uma entrevista coletiva na Casa Branca e lembrou que o comportamento "provocador" da Coreia do Norte "não será tolerado". EFE

mb/id

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos