Ataque a tiros em hospital de Nova York deixa várias vítimas

Nova York, 30 jun (EFE).- Um sujeito desconhecido efetuou vários disparos nesta sexta-feira dentro de um hospital de Nova York, que causaram várias vítimas, e morreu dentro do próprio centro médico, segundo confirmaram fontes oficiais.

O ataque aconteceu no hospital Bronx-Lebanon, no distrito nova-iorquino do Bronx, que foi imediatamente isolado por forças policiais e evacuado pelas autoridades.

Meios de comunicação locais disseram que o atirador, aparentemente armado com um fuzil automático M16, realizou vários disparos dentro do hospital que deixaram pelo menos um morto e dois feridos, dados que não foram confirmados pelas autoridades.

Um porta-voz oficial, Peter Donald, confirmou pelo Twitter que o atirador tinha morrido, mas não esclareceu se tinha sido alvejado por policiais ou se tinha se suicidado após realizar os disparos.

"O autor dos disparos morreu no hospital", disse Donald, que previamente confirmou relatos de que "várias pessoas" tinham sido vítimas dos disparos do atirador.

Alguns meios de comunicação americanos também indicam que o autor dos disparos é um antigo funcionário do hospital, e assinalaram que as vítimas são justamente membros da equipe médica.

O alerta por este incidente se estendeu rapidamente pela cidade pelo temor de que se tratasse de um atentado terrorista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos