Lavrov diz que Rússia apoia "todos os esforços" para resolver crise do Golfo

Moscou, 5 jul (EFE).- O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, afirmou nesta quarta-feira que Moscou apoia "todos os esforços que levem à normalização das relações" entre o Catar e os demais países do Golfo Pérsico.

"Estamos dispostos a apoiar todos os esforços para o resgate das relações entre os países do Golfo Pérsico", disse Lavrov ao término de uma reunião com o secretário-geral da Liga Árabe, o diplomata egípcio Ahmed Aboul Gheit.

O responsável pela diplomacia da Rússia assinalou que Moscou "está em contato permanente com os países envolvidos" no conflito e que "apoia a mediação do Kuwait".

Além disso, Lavrov acrescentou que, se os países do Golfo consideram que a Rússia pode "fazer algo mais" para ajudar a solucionar a crise, "superar divergências e preocupações", Moscou "responderia a esta solicitação".

Desde que a crise entre o Catar e os países do Golfo estourou há exatamente um mês, Moscou, que compartilha importantes interesses econômicos com Doha, defendeu o diálogo para a solução da situação e acredita que o conflito diplomático não tem influência na luta antiterrorista na região.

Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Egito confirmaram hoje, por meio de um comunicado conjunto, que receberam a resposta do Catar para suas exigências, antes que concluísse o ultimato que expirava à meia-noite de hoje, mas não revelaram o conteúdo da mesma.

Os líderes desses países estão reunidos no Cairo para estudar os próximos passos em suas relações com o Catar, país que acusaram de apoiar grupos terroristas, uma alegação rejeitada por Doha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos