Promotoria acusa coronel chavista de "violação dos direitos humanos"

Caracas, 10 jul (EFE).- O Ministério Público venezuelano (MP) acusou o coronel Bladimir Lugo Armas, chefe do comando da Guarda Nacional (GNB, polícia militar) que faz a segurança do Parlamento, por "violação dos direitos humanos", informou nesta segunda-feira este organismo.

O MP apontou que "foi entregue a intimação em qualidade de acusado contra o coronel" e que o efetivo da GNB deverá comparecer perante este organismo em 13 de julho.

Em 5 de julho, um grupo de chavistas entrou à força no Palácio Federal Legislativo de Caracas, sede da Assembleia Nacional (AN, Parlamento), alguns deles armados com paus, e deixaram 20 feridos, incluindo sete deputados opositores.

O pessoal de segurança da Assembleia conseguiu expulsar os invasores minutos depois, mas um grupo de chavistas permaneceu fdo lado de fora durante pelo menos sete horas impedindo a saída de todos os que estavam nas instalações.

O presidente da AN, o opositor Julio Borges, disse que o ataque foi ordenado pelo Governo do presidente Nicolás Maduro, e afirmou que os agressores foram apoiados pela GNB, descumprindo com os trabalhos de segurança; além disso, esclareceu que muitos subordinados deste corpo manifestaram o desacordo com a situação.

Borges lembrou que Bladimir Lugo foi condecorado recentemente por Maduro depois que foi empurrado e insultado por este militar, e apontou que este "prêmio" foi uma mensagem do Governo para que haja violência contra a oposição.

"Isso é um convite para que qualquer louco faça o que quiser porque é como uma permissão que vem com um prêmio", disse.

Este ataque ocorreu menos de três semanas para as eleições da Assembleia Nacional Constituinte e enquanto no país ocorre uma onda de protestos antigovernamentais que já duram mais de três meses e que até agora deixou 91 mortos, e centenas de feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos