Com morte de jovem atropelado por caminhão, sobe para 93 o nº de mortos na Venezuela

Em Caracas

  • Juan Barreto/AFP Photo

    Venezuela vive mais de três meses de violentos protestos contra Maduro

    Venezuela vive mais de três meses de violentos protestos contra Maduro

Um jovem de 17 anos morreu nesta terça-feira (11) no hospital onde foi socorrido após ser atropelado por um caminhão durante manifestação da oposição em Ciudad Bolívar, no sul da Venezuela. Com isso, sobe para 93 o número de mortos durante a onda de protestos no país, informou o Ministério Público venezuelano.

"De acordo com informações preliminares, o jovem participava da manifestação. Durante uma situação irregular, foi atropelado por um caminhão, sendo levado até um hospital onde faleceu", disse o MP em comunicado.

O fato de não conhecerem mais detalhes nem a identidade da vítima será investigado pelos procuradores nacionais e auxiliares do primeiro circuito do Estado Bolívar, Merving Ortega e María Pérez, respectivamente.

O protesto onde o jovem foi atropelado se tornou violento depois que um grupo de manifestantes, alguns deles encapuzados, entrou em confronto com as forças de segurança que dispersaram as pessoas com bombas de gás lacrimogêneo.

A Venezuela vive desde 1º de abril uma onda de protestos contra o governo de Nicolás Maduro, que muitas vezes terminaram em confrontos entre manifestantes e forças de segurança.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos