Polícia encontra possível bomba da 2ª Guerra perto da usina nuclear de Fukushima

Em Tóquio

  • Kyodo/ Reuters

    Imagem aérea da usina de Fukushima iluminada

    Imagem aérea da usina de Fukushima iluminada

A polícia do Japão está examinando o que parece ser uma bomba sem explodir da Segunda Guerra Mundial achada nas imediações da usina nuclear de Fukushima, informou nesta quinta-feira (10) a rede pública japonesa "NHK".

O artefato foi encontrado esta manhã por operários da construção que estavam fazendo perfurações durante os trabalhos de ampliação de um estacionamento situado a cerca de 300 metros da usina, propriedade da Tokyo Electric Power Company (Tepco), situada no nordeste do país asiático.

O dispositivo mede cerca de 85 centímetros de comprimento e 15 centímetros de diâmetro, segundo as fontes policiais, que enviaram imagens da bomba às Forças de Autodefesa (Exército) japonesa para determinar se pode explodir e considerar medidas para sua retirada.

O terreno abrigou no passado um aeroporto do Exército imperial japonês que foi atacado por forças aéreas durante a Segunda Guerra Mundial, de acordo com informações da Tepco.

A polícia isolou uma área de 200 metros ao redor do aparelho, mas os trabalhos de desmantelamento da central atômica não sofreram distúrbios.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos