Flórida anuncia medidas para garantir gasolina durante passagem do Irma

Miami, 7 set (EFE).- O governador da Flórida (EUA), Rick Scott, disse nesta quinta-feira em coletiva de imprensa que está vendo soluções para que os postos de gasolina não fiquem sem combustível, por causa da procura de usuários que buscam se abastecer por causa da chegada do furacão Irma.

"Sabemos que o combustível é muito importante, por isso estamos focando os nossos recursos estatais nisto", disse Scott à imprensa em Hialeah, cidade perto de Miami.

O governador disse que esteve em contato com varejistas e companhias petrolíferas para levar gasolina o mais rápido possível aos postos que já estão desabastecidos, e pediu aos motoristas para não monopolizar muito combustível.

Scott afirmou que carros da Polícia já escoltam caminhões-tanque desde o porto, para que possam chegar o mais rápido possível aos distribuidores.

Também disse que os portos sob sua jurisdição estão coordenados e que no de Tampa (costa leste da península) já estão descarregando 300 mil barris destinados especificamente a áreas de evacuação.

"Todos os portos da Flórida estão operando e podem aceitar envios de combustível. Atualmente há um cargueiro a caminho vindo de uma refinaria no Mississipi para o porto de Tampa", confirmou Scott.

Desde a última terça-feira se observam longas filas de automóveis nos postos do condado e esta manhã vários deles amanheceram fechados por estarem sem combustível.

A imprensa em espanhol do sul da Flórida perguntou hoje sobre se se vai ser pedido algum documento legal às pessoas para se beneficiar de um refúgio.

"O imigrante sem documentos não têm que se preocupar por seu status legal neste momento", respondeu o vice-governador do estado, Carlos López Cantera.

Scott, que na segunda-feira declarou estado de emergência para os 67 condados do estado, reiterou que a organização neste momento é importante, pois são esperados impactos devastadores em ambos os litorais e se deve prestar atenção a todas as previsões.

Uma nota de imprensa enviada esta manhã pelo escritório do governador indica que 3.000 membros da Guarda Nacional se somaram hoje aos trabalhos prévios e posteriores à possível passagem do furacão Irma, cuja presença no sul da Flórida é esperada para este fim de semana, segundo todos os prognósticos do Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês).

Perto de 35 mil pessoas já foram evacuadas do sul dos cayos (ilhotas rasas e arenosas) da Flórida e esta manhã começaram a evacuar as regiões costeiras do Downtown de Miami, um perímetro urbano cheio de escritórios e lojas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos