PUBLICIDADE
Topo

Internacional

May acredita que Parlamento votará acordo com UE antes do Brexit

25/10/2017 12h53

Londres, 25 out (EFE). - A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, disse nesta quarta-feira que espera que o Parlamento britânico vote o acordo alcançando entre o seu governo e Bruxelas sobre os termos da saída da União Europeia antes da execução do Brexit de forma oficial.

Em discurso na Câmara dos Comuns, ela comentou algumas declarações prévias do seu ministro para o Brexit, David Davis, que contemplou a possibilidade de que essa votação seja adiada até depois de 29 de março de 2019, data na qual possivelmente serão finalizados os laços entre o Reino Unido e o bloco comunitário.

"Não é só este Parlamento que quer poder votar esse acordo, também existirão ratificações de outros parlamentos (europeus). Os dois lados estão interessados. Acredito que seremos capazes de chegar a um acordo e negociar a tempo de este Parlamento poder celebrar a votação com a qual nos comprometemos", afirmou a primeira-ministra.

Davis, por sua vez, advertiu que espera que as negociações se estendam até o "limite" previsto pelo Tratado de Lisboa e apontou a possibilidade de que o pacto não possa ser apresentado aos deputados com antecedência.

"Haverá muita pressão, o estresse será grande, será muito emocionante para todos os envolvidos", afirmou o ministro.

Perante a polêmica levantada por Davis, um porta-voz do escritório oficial de May, enfatizou que o ministro estava respondendo a "questões hipotéticas".

"Antes de sairmos (da UE) será preciso alcançar um acordo final e os deputados poderão votá-lo", assegurou esse porta-voz.

Internacional