PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Khamenei afirma que Irã derrotou "conspirações" dos EUA e Israel, como EI

22/11/2017 15h04

Teerã, 22 nov (EFE).- O líder iraniano, Ali Khamenei, afirmou nesta quarta-feira que o Irã conseguiu derrotar várias "conspirações" dos Estados Unidos e Israel na região do Oriente Médio, entre elas acabar com o grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

"Essas conspirações, que foram criadas nesta região pelos Estados Unidos, os sionistas (Israel) e árabes reacionários (Arábia Saudita), foram destruídas pela Revolução Islâmica", disse Khamenei, segundo um comunicado de seu escritório.

Em discurso perante a força paramilitar dos Voluntários Islâmicos (Basij), o líder iraniano disse que "uma dessas conspirações foi o desumano grupo takfirí (palavra árabe para designar o apóstata, segundo a lei islâmica) Estado Islâmico, que foi destruído graças ao esforço de homens religiosos".

Tanto Khamenei como o presidente iraniano, Hassan Rohani, deram ontem por derrotado o EI após a tomada, dois dias antes, do último reduto urbano do grupo na Síria, a cidade de Albukamal.

O Irã respaldou o regime do presidente sírio, Bashar al Assad, e o Governo iraquiano com assessores militares dos Guardiães da Revolução e combatentes voluntários xiitas de nacionalidade iraniano, afegã e paquistanês.

"A operação na Síria e no Iraque teve sucesso graças aos jovens devotos", insistiu Jameneí.

O líder supremo destacou também, se dirigindo aos jovens dos Basij, que o esforço dos mesmos conseguiu "derrotar e pôr de joelhos os EUA" e defender "os princípios da República Islâmica e da resistência".

O Irã patrocina o chamado "eixo de resistência" contra Israel e EUA, integrado também por Síria, o grupo xiita libanês Hezbollah e o movimento palestino Hamas.

Internacional