Sobe para 483 o número de mortos em recente terremoto no Irã

Teerã, 26 nov (EFE).- Um total de 483 pessoas morreram e 12.386 ficaram feridas no terremoto que há duas semanas assolou a província de Kermanshah, no oeste do Irã, segundo o último balanço de vítimas divulgado neste domingo.

A Organização Iraniana de Medicina Legal, citada pela agência oficial "IRNA", informou que entre as vítimas mortais estão 246 mulheres e 237 homens.

Este novo balanço representa um aumento considerável do último registro de mortos, que eram 436 cinco dias depois do terremoto.

A maioria das vítimas mortais estava na cidade de Sarpol-e Zahab, onde morreram no total de 425 pessoas.

Outras populações danificadas foram Dalahu, Ghasr Shirin, Salas Babajani, Tazehabad e Eslamabad Gharb, todas elas situadas em Kermanshah.

O terremoto de 12 de novembro, de 7,3 graus na escala Richter, teve o epicentro na região de Ezgeleh, fronteiriça com o Iraque.

O terremoto e suas réplicas provocaram uma ampla destruição na província de Kermanshah, onde cerca de 30 mil casas ficaram destruídas ou foram afetadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos