Ucrânia celebrará pela primeira vez o Natal católico em 25 de dezembro

Kiev, 29 nov (EFE).- O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, assinou nesta quarta-feira uma lei que estabelece pela primeira vez o dia 25 de dezembro como feriado nacional pela celebração do Natal católico, em um país de população majoritariamente ortodoxa.

Com a entrada em vigor deste decreto, que foi aprovado pelo parlamento no último dia 16 de novembro com 238 votos a favor, a partir deste ano a Ucrânia celebrará oficialmente dois Natais.

Até o momento, o país comemorava o Natal apenas em 7 de janeiro, segundo determina o antigo calendário juliano seguido pelos cristãos ortodoxos, enquanto a Igreja Católica se guia pelo calendário gregoriano, desenvolvido em 1582 pelo papa Gregório XIII.

Com a introdução desta lei, a Ucrânia segue os passos de outros países de maioria de população ortodoxa como a Moldávia e a Bielorrússia, que decretaram feriados tanto em 25 de dezembro como em 7 de janeiro.

"Na Ucrânia há cerca de 11.000 comunidades religiosas católicas e protestantes que comemoram o nascimento de Cristo segundo o calendário gregoriano, ou seja, em 25 de dezembro (...) Esta data também é aceitável", afirma o memorando do projeto de lei.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos